Instituto Durmstrang
É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome se quiser ter a conta ativada, não ativaremos nomes comuns utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

Suíte Presidencial - nº 02

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Mensagem por Godric Gryffindor em Sab Jul 29, 2017 4:27 pm

Suíte Presidencial




É considerada a melhor suíte do hotel, é ampla e possui uma varanda grande e bem decorada com vista privilegiada para o mar. Pode-se acomodar um berço ou cama infantil a pedido do hóspede. Possui ar condicionado, frigobar e serviço de quarto personalizado, além de acesso à rede de internet do hotel e uma sala com televisão e sofá.
O banheiro segue os mesmos tons da decoração. É grande e possui uma banheira de hidromassagem particular, pia dupla, ducha a parte em box de vidro e é possível encontrar sempre toalhas, roupões, sais de banho e óleos essenciais exclusivos e itens de banho fechados e lacrados que são repostos diariamente.




"Bold Gryffindor, from wild moor."
Ver perfil do usuário
Godric Gryffindor
Administradores

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Aalyah M. Kantayeni Odion em Seg Ago 07, 2017 8:59 pm

Forgive me, please
BE BRAVE


"O
que foi?"- Foi a única coisa que consegui balbuciar depois de, primeiro, levar um ''sermão'' a la Niara, segundo, um tapa na cara do tipo ' você está fazendo um papel ridículo', terceiro, um 'me acompanha' seguido de um aperto forte no braço e quarto, um 'cala  boca' vindo com um beliscão. E seguimos para o quarto de Ni. Certo, algo estava acontecendo, algo ruim. Como eu me dispersei tanto? Quem era eu? P****, acorda Aalyah! Entramos no elevador caladas e descemos no segundo andar. Subimos até o quarto nível pelas escadas e adentramos m uma luxuosa suíte.

-Niara, preciso que abra as cartas para mim. O que aconteceu com a sua família? Pode não parecer, mas são todos muito importantes para mim. Há algo em que eu possa ajudar? Ah, não vou mais fazer escândalo, foi impulso.

Um silêncio reinava sobre o ar acendo um cigarro e me dirijo a varanda. Sabia que não era permitido fumar dentro do quarto, mas estava nervosa demais para falar qualquer coisas. Passou os dedos em minha aliança entre uma tragada e outra, relembro de algumas viagens que fizemos juntas, como para o Santigo do Chile e vimos a neve pela primeira vez. Parecíamos duas bobas experimentando os flocos de gelo para saber qual era o sabor  mais bobas ainda brincando jogar bolas de neve uma na outra. Quando inventamos de esquiar, quando uma caia, a outra tinha que retirar os esquis para ajudar a outra a se erguer. Passamos uns cinco dias no local e nos divertimos horrores. Termino meu cigarro olhando para imensidão do mar. Repasso em minha mente pela já não sei qual vez o quando burra que fui e o quanto eu deveria tentar ter pelo menos o perdão de Niara. Volto para dentro, a encontro sentada no sofá. Me sento mais uma vez ao seu lado.

.- Sabe, nessa vida existe o certo, o errado e existe eu. Não sei te dizer mais o que fui exatamente, me perdi, mas eu tenho uma certeza: Eu errei e reconheço isso e peço perdão novamente.Eu te amei ontem, eu te amo hoje e eu te amei a vida inteira.-A trouxe para perto de mim e selei nossos lábios. - E quando eu disse que pensei em você todos os dias, eu pensei. -Mostro em minhas coxas, pelos buracos do macacão, linhas retas tatuadas, um pouco rudes pela falta de equipamento adequado, quase 365. -Um para cada dia que fiquei sem você, porque doía e eu precisava aliviar a dor daqui de dentro do peito da falta que você fazia, mas eu fui covarde demais. Pauso e volto a fitá-la.Queria que me deixasse tentar te provar que ainda sou a mesma e que eu me arrependo de tudo que aconteceu de tal forma que me corrói por dentro. E como diz a frase: Nada no mundo é nunca mais... Me calo diante do silêncio dela.




AALYAH VESTE







# Dear love forgive me, please?

# JUST BE STRONG


Aalyah Dulane Makini Kantayeni Odion
I'M BRINGIN' SEXY BACK!
Idade : 27

Localização : London

Ver perfil do usuário
Aalyah M. Kantayeni Odion
Bruxos Maiores de Idade

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Niara A. Kijani Odion em Seg Ago 07, 2017 10:36 pm
What now?!
Fecho a porta atrás de mim ao entrar no quarto e Aalyah logo me enche de perguntas. Embora desejasse ignorá-la, sei que de fato minha família tem algum valor para ela, mesmo que eu talvez não tivesse. Nahla foi mãe de Aalyah quando ela precisou de uma, meus primos e irmãos lhe serviram de família quando estava sozinha.
-Khadija e Fynn foram mortos e Alika está desaparecida. Comensais, segundo o ministério. Minha mãe está em Londres com meus irmãos, minha tia e meus primos. - Murmuro, e embora saiba que a descrença está clara em minha voz, não dou mais detalhes.
Caminho até o banheiro em silêncio e desligo a hidromassagem, que havia esquecido ao sair. Senti o cheiro do cigarro ao voltar e, apesar de desejar ardentemente implicar com o fato dela o ter acendido, seria de imensa hipocrisia, uma vez que eu mesma o fazia várias vezes. Me joguei no sofá, tentando ignorar sua presença na varanda. Não entendi exatamente o que ela fazia ali, talvez precisasse de um tempo para pensar, mas não estava disposta a descobrir tão rápido.
Estava balançada demais para o meu gosto e uns minutos seriam ótimos para me recompor. Dobrei a jaqueta, tirando a varinha do bolso e colocando ambas sobre a mesa de centro, alinhadas. Gostava de mantê-las em fácil acesso.
-Eu te amei ontem, eu te amo hoje e eu te amei a vida inteira.- Antes que pudesse dar por conta, Aalyah estava ao meu lado e me vi perdida em suas palavras, logo em seus braços. Fechei os olhos por um longo período, até que tudo que ouvisse fossem meus próprios pensamentos, os dedos apertados no tecido em volta de seu quadril. Posso ouvir a voz de Aalyah ao fundo, quase inaudível. Entreabro os olhos para espiar o que quer que ela quisesse me mostrar e posso ver, ainda um pouco turva, as tatuagens mal feitas que se estendiam por sua coxa. No entanto, ainda não conseguia me mover, reagir ou pensar direito.
Ainda fico em silêncio por um bom tempo, me soltando de seus braços e me recostando no sofá. Caminho até a mesa e encho um copo com água, sorvendo seu conteúdo em único gole.
- Eu tenho uma grande chance de me arrepender disso - Digo, ainda encostada na mesa. - mas vá em frente. A merda já está feita mesmo, pelo menos não vai poder dizer que te fiz perder a viagem. - Deixo o quarto em direção à varanda e encaro o mar à minha frente. Me lembro de poucos lugares tão bonitos quanto esse.


I just can't figure it out



Localização : Londres

Ver perfil do usuário
Niara A. Kijani Odion
Bruxos Maiores de Idade

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Aalyah M. Kantayeni Odion em Seg Ago 07, 2017 11:24 pm

Forgive me, please
BE BRAVE


"O
i?- Recostei-me no sofá ao ouvir o que havia acontecido, o chão desapareceu diante dos meus pés. A família Odion sempre foi minha família também, me deu comida, teto e muito amor. Que porra de maluquice era aquela?

-Tia Khadija e tio Fynn estão mortos? Não pode ser! Digo, Comensais? Eles faziam o que na hora do ataque? -Ando um pouco pelo local passando a mão diversas vezes na nuca. -Não há nenhuma pista de Alika? -Esfrego cabelo e rosto repetidas vezes, parando por fim, com a mão na boca. -Essa história está mal contada. O Ministério está ocultando algo, tem alguma coisa que não está encaixando, amor...digo, Niara. -Eu tinha que parar urgente com isso, agora era apenas NIARA.- E a mãe Nhala, está bem? Me diga que ela e os demais não sofreram nada? -Niara se cala e some para um dos cômodos.

Após as minhas palavras, meu beijo por impulso fez Ni ceder. Me senti feliz, saudosa e perdida em meus pensamentos, memorias e emoções. Senti que ainda havia chances para mim.
- Eu tenho uma grande chance de me arrepender disso mas vá em frente. A merda já está feita mesmo, pelo menos não vai poder dizer que te fiz perder a viagem. - -Disse seguindo em direção a varanda. Dou um tempo para que fique sozinha. Me junto a ela, olhando a vista. Lindo lugar, não?-Fito o mar a minha frente, escutando apenas o som da natureza.- Eu vou fazer check in no hotel. Não sei por que está a Austrália, mas quero estar perto para que nada aconteça com você. Não se preocupe, não ficarei na sua cola. Fica bem! E tenta se lembrar que eu te amo demais. -Dou um beijo em sua testa.

AALYAH VESTE








# Dear love forgive me, please?

# JUST BE STRONG
[/color]


Aalyah Dulane Makini Kantayeni Odion
I'M BRINGIN' SEXY BACK!
Idade : 27

Localização : London

Ver perfil do usuário
Aalyah M. Kantayeni Odion
Bruxos Maiores de Idade

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Niara A. Kijani Odion em Ter Ago 08, 2017 12:25 am
What now?!
Meneio a cabeça em concordância ao comentário, sem virar o rosto para fitá-la. Escuto o comentário de Aalyah sobre a Austrália e deixo escapar um sorriso apagado, quase irônico. Se ela se esforçasse um pouco, se lembraria que eu não precisava de um motivo pra viajar, mas sim de uma oportunidade.
Arqueio a sobrancelha quando ela diz que irá se hospedar no hotel. -Não preciso de cão de guarda, Aalyah... - Murmuro, um pouco desanimada. Toda essa agitação trouxe a tona sentimentos com os quais eu estava lutando a quase um ano, desde que ela partiu. Pigarreio tentando trazer a normalidade à minha voz. Sinto seus lábios contra minha testa e permaneço estagnada no mesmo lugar. Observo enquanto ela se retira do lugar, mas começo a falar quando ela alcança a porta.
- Eu também não acredito. - Ela se vira confusa. - Fynn e Khadija. Eu também não acredito nessa conversa de comensal, tampouco Nahla. Tia Khadija sempre foi envolvida com o que não devia, você sabe e não que eu fosse assustar se ela tivesse se metido com comensais, mercenários ou whatever, mas não faz sentido! - Me viro de frente para ela. Não queria estender a conversa com Aalyah, mas embora um lado de mim implorasse pra que ela cruzasse aquela porta e nunca mais aparecesse de novo, a outra queria sentar e conversar sobre o assunto. Após uma década de relacionamento, era difícil não ter Aalyah dentro dos assuntos da família e, desde que deixamos a África, não tive com quem conversar sobre o assunto abertamente. Mesmo minha mãe sendo muito verdadeira sobre suas impressões, sofria muito pela perda da irmã, por pior que fosse seu caráter. - Tipo, porque diabos levariam Alika e deixariam todos os outros meninos pra trás? E mesmo que levassem todos, que diabos eles poderiam querer com alguém tão jovem? Não me conformo  com isso...
I just can't figure it out



Localização : Londres

Ver perfil do usuário
Niara A. Kijani Odion
Bruxos Maiores de Idade

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Aalyah M. Kantayeni Odion em Ter Ago 08, 2017 1:22 am

Forgive me, please
BE BRAVE


F
ica sussa, você não terá nenhum cão de guarda, Niara. Você sempre teve uma pessoa que se preocupa com você.-- Fato é que tudo estava diferente, meu mundo havia virado de cabeça para baixo. Não contaria meus problemas para ela, não agora ou jamais ou toda a verdadeira história. Ela poderia me odiar, mas seria a versão que ouviria. Eu já era um fardo sozinha e o momento da vida de Ni estava um tanto quanto ruim. Coloco as mãos nos bolso e saio mais que triste da varanda. A indiferença de minha ex junto a morte de meus 'tios', sequestro de minha 'sobrinha' e o risco que minha 'mãe e demais parentes' estavam corrente acentuado pelo meu pressentimento de que havia algo mal contado, havia acabado comigo. Atravesso a varanda enorme passos lentos até tocar a maçaneta da porta.

-Eu também não acredito. - Me viro confusa com o falatório repentino.- Fynn e Khadija. Eu também não acredito nessa conversa de comensal, tampouco Nahla. Tia Khadija sempre foi envolvida com o que não devia, você sabe e não que eu fosse assustar se ela tivesse se metido com comensais, mercenários ou whatever, mas não faz sentido. -Me viro para ela imediatamente. -Não, não faz! Niara continua falado de suas suspeitas e teorias, eram justamente o que não encaixavam para mim. Tudo era estranho, mas creio que Ni precisava de alguém para conversar. Sempre fui 'parte da família' e quase onze anos de relacionamento, por mais que se quisesse evitar, em algum momento o assunto viria a tona. -Vem, vamos conversar um pouco.Arrasto Niara pela cintura até o parapeito, ficando uma de frente para outra. O sol começa a se pôr e as luzes do hotel ganham vida.
-Esse era o ponto em que eu queria chegar. Tia Khadija andava envolvida com coisas estranhas mas Tio Fynn, não. Eu me pergunto, a Tia não estava envolvida com Comensais para sofrer um ataque e mesmo que estivesse, Comensais não sequestram pessoas apenas por sequestrar, ainda mais uma criança de cinco anos! -Arqueio a sobrancelha.- Tem algo mais sinistro nessa história, envolvendo outras pessoas que levaram Alika ou vou começar a pensar que o Ministério detém a menina, o que não tem lógica!-Retiro as mechas do cabelo dela do rosto.- Vocês chegaram a ver os corpos?


AALYAH VESTE









# Dear love forgive me, please?

# JUST BE STRONG


Aalyah Dulane Makini Kantayeni Odion
I'M BRINGIN' SEXY BACK!
Idade : 27

Localização : London

Ver perfil do usuário
Aalyah M. Kantayeni Odion
Bruxos Maiores de Idade

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Niara A. Kijani Odion em Ter Ago 08, 2017 1:49 am
What now?!
Sinto Aalyah me guiando em direção ao parapeito e meu corpo parece travar por um segundo. Quase consigo me arrepender de ter falado qualquer coisa, mas o que está feito, está feito. Encaro o pôr-do-sol por alguns segundo até ter coragem de fitá-la novamente. 
Deixo escapar um sorriso leve, irônico ao ouvir Aalyah dizer que desconfiava que o próprio Ministério. Aalyah sempre foi a rainha da paranoia e nunca consigo deixar de rir disso tudo. - Você e suas teorias de conspiração... - Murmuro. Aalyah coloca uma mecha do meu cabelo no lugar e me recosto no parapeito desconcertada, encarando o horizonte. Pela movimentação de pessoas perto do bar, o luau começaria logo. -Preferia que não tivesse visto. Totalmente desfigurados, Fynn principalmente, largados no quarto. - De fato, uma visão que gostaria de esquecer. Quando minha mãe me chamou para ajudá-la a juntar as crianças, não esperava ver o que eu vi. Quando estamos tão acostumados com as mortes quase limpas da magia, se deparar com aquela quantidade de sangue e vísceras era um pouco surpreendente. - Acho que é mais desleixo do Ministério do que qualquer outra coisa, até porque todo mundo sabe que Khadija estava até o pescoço enfiada na lama. Mas é fato, Alika está por aí com alguém, em algum lugar. Só não entendo porque, mas agora não é a melhor hora pra isso. Antes que qualquer coisa a gente precisa acomodar aquela galera toda em algum lugar. - Dou de ombros, me virando pra ela de novo. - Você faz falta. Digo, pras crianças... Você sabe, meus irmãos estão sempre ocupados e eu não sou lá a melhor tia do mundo...
I just can't figure it out



Localização : Londres

Ver perfil do usuário
Niara A. Kijani Odion
Bruxos Maiores de Idade

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Aalyah M. Kantayeni Odion em Ter Ago 08, 2017 2:17 am

Forgive me, please
BE BRAVE


E
u deveria estar junto a Niara no momento em que tudo aconteceu, não é justo. Sei que por mais que tia Khadija fosse estranha, era família e tio Fynn era um dos poucos homens em quem eu confiava. A pequena Alika havia sumido. Eu podia sentir a dor dela ao falar sobre os corpos de modo que um arrepio me subiu pelas costas.
-Por que não alugar um canto escondido em Londres? Posso te ajudar! Deixar o lugar protegido por magia 24 horas...-Dei de ombros.-Sabe, o problema do Ministério é encobrir coisas demais e investigar coisas desnecessárias. Procurar Alika é a primeira coisa a se fazer. Ver em que raios a tia estava envolvida também, sei lá..- Encaro a parte de baixo do hotel, a piscina possuía uma cor fantástica. -Eles também fazem muita falta. Odeio não dar beijo de boa noite, ensinar a andar de skate, vê-los correr, sorrir...Vocês fazem muita falta na minha vida, incluindo os animais. -Dou um sorriso para ela. -Você é uma boa tia, só gosta de ficar na sua... -Passo as mãos em minha nuca. -As coisas vão se ajeitar, você vai ver! Vocês são fortes e conta comigo. -Chego mais perto dela e aponto para uma espécie de concha. -O que funciona ali?


AALYAH VESTE









# Dear love forgive me, please?

# JUST BE STRONG


Aalyah Dulane Makini Kantayeni Odion
I'M BRINGIN' SEXY BACK!
Idade : 27

Localização : London

Ver perfil do usuário
Aalyah M. Kantayeni Odion
Bruxos Maiores de Idade

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Niara A. Kijani Odion em Ter Ago 08, 2017 2:35 am
What now?!
-Justamente porque um canto escondido em Londres não comporta mais de dez pessoas.- Deixo escapar uma risada frouxa. - Viemos todos, literalmente. Meeca, meus primos, meus irmãos, sobrinhos, os filhos de Khadija... Muita gente pra "um cantinho escondido", mas Nahla diz que está dando um jeito. De todo modo, comprei um apartamento pequeno pra mim e é provável que a gente ache um jeito de acomodar todo mundo lá quando estiver pronto até ela conseguir o que quer que esteja aprontando. 
Aalyah sempre gostou muito das crianças e isso nunca foi novidade, mas a frase "inclusive os animais" me faz sorrir. - Barney, você quis dizer. - Barney era o grandalhão mais paciente do mundo por aguentar toda aquela criançada em cima dele o tempo todo, agora que estavam todos amontoados no mesmo lugar. -Vocês são fortes e conta comigo!- Tento não parecer desconfortável por um momento, mas não sinto que tive sucesso, no entanto, não acho que ela tenha percebido. - Você devia fazer uma visita pra Nahla, ela fala de você mil vezes por dia. Quero dizer, falava, antes de eu... - Deixo a frase no ar ao perceber em que isso tudo levaria. Aalyah sabia bem que algumas vezes a honestidade de minha mãe para mim e vice versa acarretava algumas discussões acaloradas e isso sempre nos rendia mais discussões. Estava pouco paciente até mesmo para brigar. 
Aalyah aponta para a praia e reviro os olhos, rindo baixo. - O bar do hotel aqui, o luau ali, de todo o resto não sei. Não tive tempo ainda. Porque? 
I just can't figure it out



Localização : Londres

Ver perfil do usuário
Niara A. Kijani Odion
Bruxos Maiores de Idade

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Aalyah M. Kantayeni Odion em Ter Ago 08, 2017 1:09 pm

Forgive me, please
BE BRAVE


E
scuto a risada de Niara e acabo rindo junto, era uma risada escandalosa mesmo quando deveria ser. -Gente prá carai! Mãe Nhala sempre deu jeito para tudo, não ficaria espantada com nada!- Era fato. Na época em que fui morar om Odion parecia não haver espaço para mim, engano meu. A casa estava lotada, a família sempre foi muito unida. Aconteceu quando  finalmente assumi quem eu era e meu pai me colocou para fora de casa, Nhala não exitou em me abrigar quando Ni pediu. Ela prontamente colocou uma colchão no quarto de minha ex que logo viraria uma cama de casal. -Não imagino todo mundo amontoado, a casa sempre foi tão grande. - Maneio a cabeça em negativa. -Que bom que finalmente conseguiu seu apartamento. Fico feliz. -Aquilo havia me tocado de maneira ruim, mesmo estando contente por Niara. Nós sempre planejamos nosso apartamento juntas e agora ela tinha o dela, tão e somente dela, estava seguindo com sua vida. Não podia exigir nada.

Quando falei dos animais, lembrei dos mil peixes betas espalhados pela casa. Cada criança deveria ter pelo menos três cada um. A culpa era minha que sempre os levava para passear e trazia presentes incomuns na volta. -Sim, meu velho Barney! Aquele cara de abóbora seca! Votade de socar aquele fuço! - Barney era um fofo, grandão e bobão que me babava todos os dias quando chegava do trabalho.-E os peixes? -Solto uma gargalhada. -Lembro do dia em que comprei um ovo de dragão para cada um e tive que devolver. Lembra? Nhala, Khadija e Meeca enlouqueceram!Me perco em lembranças boas e logo escuto sobre a visita. -Me dê o endereço, eu desejo muito ver todos eles. Estou com muita saudade de Mãe Nhala. Preciso muito conversar com aquela véia!- Sei que minha 'sogra-mãe' sempre me teve como uma filha e que, provavelmente, o meu nome estava sendo evitado para não gerar brigas. Uma merda isso!

Ni me explica sobre o que funcionava na parte de baixo do hotel e me parecia interessante para deixa-la um pouco mais animada. Encaro os dois locais. Ambos me pareciam legais. -Quer ir até lá? Acho que seria bom para você se descontrair um pouco. Esquecer só por um momento os últimos acontecimentos. -A fito e nossos rostos ficam muito próximos.



AALYAH VESTE





# Dear love forgive me, please?

# JUST BE STRONG


Aalyah Dulane Makini Kantayeni Odion
I'M BRINGIN' SEXY BACK!
Idade : 27

Localização : London

Ver perfil do usuário
Aalyah M. Kantayeni Odion
Bruxos Maiores de Idade

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Niara A. Kijani Odion em Ter Ago 08, 2017 2:51 pm
What now?!
- É pequeno, mas atende minhas necessidades. Um coisa era morar naquele casarão com todo mundo, quando a gente tinha quase um andar inteiro pra cada filho, outra seria morar em um apartamento com aquela pirralhada toda. Iam me levar a loucura em poucos dias. - Nunca fui uma grande fã de crianças. Por mais que admire os pequenos humanos que são, não consigo me admirar com aquelas caras babadas, pés sujos e vozes estridentes. - Aí, pelo bem da minha sanidade, resolvi investir um pouco de dinheiro em alguma coisa que dure mais que dois meses. - Brinco, fazendo referência à minha compulsão por compras. Aalyah sempre enlouqueceu com o fato de que troco de guarda-roupas pelo menos quatro vezes por ano. - Nada perto do apartamento dos meus sonhos, mas é provisório, então... - Dou de ombros, com cara de conformada. 
Aalyah relembra a saga dos animais na antiga casa e faço uma careta. - Nem me lembre! Acho que ainda tem alguns, sabe como é bicho frágil na mão de criança... Mas já está decretado que terminada a era dos peixes, será um único pet pra família toda. Nahla e Meeca estão quase malucas com a bicharada agora. - Aalyah pede pelo endereço de minha mãe e me limito a assentir em concordância. Gostasse ou não, enquanto ela fosse filha para minha mãe, Aalyah era família. Era direito dela.  
-Quer ir até lá? Acho que seria bom para você se descontrair um pouco. Esquecer só por um momento os últimos acontecimentos. - Forjo um sorriso fraco diante da pergunta. Em circunstâncias normais eu estaria nervosa, ainda aos berros e provavelmente já teria expulsado Aalyah do quarto em meio a tapas, mas já faziam alguns dias desde que nada na minha vida era normal. Eu estava cheia de sorrisos fracos e não gosto de saber que Aalyah me conhece a tanto tempo que é provável que já tenha um relatório completo do meu estado emocional baseado nesse fato. Khadija nunca foi a melhor tia do mundo ou a mais presente, tampouco Fynn, mas eu tinha certo carinho pelas crianças e me abalava profundamente não ter notícias de Alika, especialmente depois do circo de horrores que presenciei. Me pego pensando em como seria se nada entre nós tivesse mudado. Sei que estaria envolta em seus braços, sendo ela sempre tão protetora, tentando apartar o luto. Ou talvez Aalyah estivesse fora, tentando lidar com suas teorias de conspiração, provavelmente aos berros na porta do Ministério. Sinto um sorriso se formar em meus lábios. -Niara? - Escuto a voz de Aalyah e dou um passo para trás por impulso. -Ahn... Desculpa, sai do ar por um minuto. - Murmuro, meneando a cabeça para afastar os pensamentos. - Pode ser. Eu acho. - Digo confusa, desaparecendo dentro do apartamento. Me fecho dentro do closet, sentando no chão por alguns segundos. Acho que ainda estava em choque por tudo o que aconteceu, não acredito que consegui processar ainda a volta de Aalyah justo agora. Sinto algumas lágimas escorrendo pelo meu rosto. 
Me recomponho e deixo o closet com um casaco azul marinho de lã nos braços. - Vamos? - Chamo, já com a mão na maçaneta. 
I just can't figure it out



Localização : Londres

Ver perfil do usuário
Niara A. Kijani Odion
Bruxos Maiores de Idade

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Aalyah M. Kantayeni Odion em Ter Ago 08, 2017 7:33 pm

Forgive me, please
BE BRAVE


E
por isso resolveu melhor tirar, digamos, umas férias na Austrália, até o apartamento ficar pronto também, correto? Te conheço!E mesmo que seja pequeno, é seu!- E tudo havia se esclarecido de repente. O mais engraçado dessa história toda era Niara conseguir guardar dinheiro para comprar um imóvel. Ela é uma compradora compulsiva de roupas e derivados não esconde de ninguém. Já tivemos várias discussões por causa disso. Era meio surreal. -Os peixes viveram mais do que eu imaginava, pensei que não tivesse mais nenhum. Até que meus pimpolhos cuidaram bem! --Exprimo um sorriso ao lembrar das traquinagens que aprontava com os pequenos. Niara concorda em me dá o endereço de Mãe Nhala, o que me deixa eufórica. Vê-la certamente me tiraria dos eixos. Eu tinha um amor de filha para mãe muito grande por aquela mulher, era como se eu tivesse saído do útero dela. Nos dávamos muito bem. Sei que também veria tia Meeca, outra grande mulher que eu admirava. Se nos sentávamos as três para conversar, esquecíamos a hora. E haviam os pivetinhos, eu morria de saudades. Era tia Ly para cá, tia Ly para lá, perguntas, brincadeiras, broncas, tudo tão bom. Ainda tento entender tudo.

Niara demora em me responder. Fito-a por um tempo, parecia distante, pensativa...-Niara?-A chamei em um tom interrogativo. -Ahn... Desculpa, sai do ar por um minuto-Mas concorda em ir. Ela sai da varanda e desaparece de minhas vistas. Adentro no quarto e não a encontro. Decido esperar sentada no encosto do sofá. Vejo-a saindo de uma das portas e posso jurar que chorou, a ponta de seu nariz sempre fica vermelha. Vamos! A porta atrás de mim é fechada.


AALYAH VESTE









# Dear love forgive me, please?

# JUST BE STRONG


Aalyah Dulane Makini Kantayeni Odion
I'M BRINGIN' SEXY BACK!
Idade : 27

Localização : London

Ver perfil do usuário
Aalyah M. Kantayeni Odion
Bruxos Maiores de Idade

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Niara A. Kijani Odion em Dom Ago 13, 2017 3:03 pm
What now?!
Aalyah me acompanha até o quarto novamente, ambas em silêncio. Tento não parecer ainda mais constrangida do que já estava, mas estava ficando impossível. Sentir tanto remorso parecia me transformar em outra pessoa totalmente diferente de mim. Sequer consigo entender porque não tenho a coragem de mandá-la embora depois de tudo o que passei, graças a ela, no último ano, mas àquela altura já estava tão humilhada que não fazia diferença nenhuma. 
Eu ainda a amo, mas queria do fundo do meu coração sentir tanta raiva quanto sinto mágoa. Queria verdadeiramente ser capaz de esquecer a década que vivi ao seu lado, talvez até mesmo apagá-la da minha história como se nada tivesse acontecido. Sinto que jamais serei capaz de perdoar o que fez e, para ser honesta, tenho pouca crença na história que me contou. No entanto, também sei que não cabe a mim decidir sozinha se ela integra ou não o núcleo da família e seu que nessa guerra, perdi antes mesmo de batalhar. Eu lhe devia, pelo menos, a verdade sobre tudo o que aconteceu.
Abro a porta do quarto em silêncio assim que chegamos e faço sinal para que entre. - Entre. Vou anotar o endereço pra você antes que me esqueça... - Fecho a porta atrás dela e caminho até minha bolsa, pegando um bloco de notas. - É um pouco difícil de achar, mas é só questão de tempo. 
I just can't figure it out



Localização : Londres

Ver perfil do usuário
Niara A. Kijani Odion
Bruxos Maiores de Idade

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Aalyah M. Kantayeni Odion em Dom Ago 13, 2017 3:29 pm

Forgive me, please
BE BRAVE


C
iminhamos em silencio no percusso da praia até o hotel e assim permanecemos no elevador. A verdade é que já passava da hora de caí fora, mas eu não conseguia. Minha vontade de proteger Niara era mais forte que eu e para ser bem sincera, eu estava sofrendo com tudo aquilo. Os Odion eram a minha família de verdade. Não de sangue, mas há laços mais fortes do que esses. Amor, carinho, afeto,cuidado são mais importantes do que o que corre em nossas veias.

Entro no quarto a seu pedido. Fico parada na porta fechada atrás de mim com as mãos no bolso observando Ni anotar algo em um bloco e destacar, é o endereço de Mãe Nhala. Sinto um calafrio em pensar que vou revê-los e em que situação vou encontrá-los. - Obrigada! Eu me viro para achar. -Pego o papel neon de sua mão, passo o olhos, dobro e guardo no bolso. -Acho que é hora de ir. Foi maravilhoso te ver.- Abaixo a cabeça por um instante, eu estava contrariada com aquilo. -Vou passar a noite no hotel e saio amanhã bem cedo. Me promete que vai pedir alguma coisa para comer. -Passo as costas da mão em seu rosto. -E que depois do banho, vai tentar dormir? -Olhava para ela com aquela olhar que ela conhecia bem, não dava para disfarçar mais.




AALYAH VESTE







# Dear love forgive me, please?

# JUST BE STRONG


Aalyah Dulane Makini Kantayeni Odion
I'M BRINGIN' SEXY BACK!
Idade : 27

Localização : London

Ver perfil do usuário
Aalyah M. Kantayeni Odion
Bruxos Maiores de Idade

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Niara A. Kijani Odion em Dom Ago 13, 2017 3:48 pm
What now?!
- Ahn... Obrigada. - Murmuro constrangida, tentando não olhar em seus olhos. A verdade é que inegavelmente Aalyah tinha transformado meu dia em alguma coisa perto do feliz antes de me assistir desabar e, embora isso não me agrade muito, preciso admitir. 
Aalyah diz que vai ficar no hotel, mas que partirá pela manhã, o que de certo modo me trás algum alívio. Seria difícil lidar com outro turbilhão de sentimentos como o de hoje. Estava confusa quanto à sua história, confusa quanto aos que fazer ou dizer enquanto sentimentos de mágoa, amor, raiva, culpa e luto se misturavam e se transformavam em algo quase intragável. Me sentia péssima por me lembrar de tudo o que se passou desde que Aalyah partiu e ainda pior pelos últimos acontecimentos.
- Nem precisava pedir. - Murmuro, tentando não amolecer diante do pesar nos seus olhos. - Estou morrendo de fome e de sono. - Lhe dou um sorriso fraco, dando de ombros ao afastar sua mão do meu rosto. - Pode me fazer um favor? - Aguardo por sua afirmativa e me direciono ao closet. Reviro as malas e bolsas que tinha guardado ali dentro até encontrar o envelope de papel pardo com o nome de minha mãe escrito em caixa alta. Torno a pegar o bloco de notas, escrevendo um bilhete e o coloco cuidadosamente no interior do pacote. - Pode entregar isso pra Nahla? É o dinheiro do aluguel. Ela precisa pra ontem e é provável que você chegue lá antes daquela coruja velha. - Jelly era minha primeira coruja, logo se presume que a pobrezinha estava pra lá de velha. Na verdade, Jelly já está implorando pela aposentadoria, o que me lembra que devo dar um pulo na loja de animais em breve. Já não enxerga quase nada e demora cada vez mais tempo para percorrer até mesmo curtas distâncias. 
I just can't figure it out



Localização : Londres

Ver perfil do usuário
Niara A. Kijani Odion
Bruxos Maiores de Idade

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Conteúdo patrocinado
Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum